Primeira versão pra um poema de Oliverio Girondo

oliverio

 

O PURO NÃO

 

O Não

o não inovável

o não nonato
o nããoo

o não póslodocosmos de impuros zeros nãos que nãoam nãoam nãoam

e nãoam
o plurimono nãoam o mórbido amorfo nããoo

não démono

não deo

sem som sem sexo nem órbita

o rígido inosso nããoo em unisólo amódulo

sem poros já sem nódulo

nem eu nem fossa nem buraco

o macro não nem pó

o não mais nada todo

o puro não

sem não

**

 

 

EL PURO NO

 

El No

el no inóvulo

el no nonato

el noo

el no poslodocosmos de impuros ceros noes que noan noan noan

y nooan

y plurimono noan el morbo amorfo noo

no démono

no deo

sin son sin sexo ni órbita

el yerto inóseo noo en unisolo amódulo

sin poros ya sin nódulo

ni yo ni fosa ni hoyo

el macro no ni polvo

el no más nada todo

el puro no

sin noamódulo

 

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s