Um poema de Pierre Reverdy

 Juan Gris, “Portrait of Pierre Reverdy,” c. 1918 Casal e cadência [versão 1, música] O fio que sustenta o universo acaba de se romper O fio que sustentava a terra queimou Uma estrela fulgaz ao passar o tostou             Quem dança ao fundo do céu             Quem não conhece o anteparo As letras que formavam […]